terça-feira, 25 de outubro de 2011

Silêncio

Geminiana genuina
dualidade total
mulher-menina
uma hora "UP" algumas "DOWN"...

E vou caminhando
tropeçando, levantando,
sorrindo, chorando,
cantando, lutando!

Como tem dia que é dor
outro é paixão, euforia, amor.

Hoje estou quieta,
reticente...
um tantinho apagada;
meio assim, amuada.

As palavras não estão na boca
estão no peito, no coração
na alma, na mente,
guardadas em uma canção.

Meu momento é pra dentro
sem contatos imediatos
quero somente meu espelho
cortinas da janela fechadas
minha "solitudine" e  meu SILÊNCIO.